1_pmdb_1125.jpg.g

A programação dos recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), principalmente para a linha de financiamento de estocagem, vai ajudar a enxugar dez milhões de sacas de café do mercado.

A previsão foi feita nesta segunda-feira, 17 de junho, pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Antônio Andrade. “A aprovação do orçamento do Funcafé vai ajudar bastante. Vai enxugar o mercado, os preços vão aquecer e voltar ao normal. Vamos ter esse dinheiro muito em breve”, disse Andrade ao abrir oficialmente, nesta manhã, o seminário que dá início às comemorações do Cinquentenário da Organização Internacional do Café (OIC),

O Conselho Monetário Nacional (CMN) deve se reunir extraordinariamente nos próximos dias para aprovar a distribuição dos R$ 3,180 bilhões do Funcafé a serem destinados para as linhas de crédito para estocagem, colheita, custeio, aquisição de café, operações no mercado futuro, capital de giro para indústria de torrefação e de café solúvel e para as cooperativas.

O diretor executivo da OIC, Robério Oliveira Silva, elogiou a política de governo de sustentação do preço do café. “Sem sustentabilidade econômica, o produtor não vai ter condições para ter sustentabilidade ambiental. Há volatilidade muito grande de preço. Temos que criar condições para ajudar produtores a encontrar preços justos e remunerativos para o café”, ponderou.

A abertura das comemorações do cinquentenário da OIC foi realizada no auditório do Instituto Rio Branco, em Brasília. O ponto alto dos festejos ocorrerá em Belo Horizonte (MG), no período de 9 a 13 de setembro.

O evento desta segunda-feira teve a participação também do subsecretário-geral de Assuntos Econômicos e Financeiros do Ministério das Relações Exteriores, Enio Cordeiro, do diretor-executivo da OIC, Robério Silva, do secretário de Agricultura de Minas Gerais, Elmiro Alves do Nascimento, além de autoridades representativas do agronegócio Café.

Assessoria de Comunicação Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (PMDB-MG)