antonio-julio
Prefeito Antônio Júlio homologa nova empresa responsável pelos serviços de água e esgoto no município

Momento histórico para Pará de Minas. Em solenidade realizada na última sexta-feira (20/2), que contou com a presença de várias autoridades municipais, o prefeito Antônio Júlio (PMDB) homologou a nova empresa que prestará o serviço de abastecimento de água e tratamento do esgoto no município. A empresa Saneamento Ambiental Águas do Brasil S/A, após vencer o processo de licitação, substituirá a Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa – nos próximos 35 anos. A nova empresa chega com a missão de acabar com os problemas relacionados com a falta de água, ocasionado pela longa estiagem que atingiu o município nos últimos dois anos e também pela precariedade do serviço prestado pela estatal.

“Não tem como descrever este momento. É só sentindo. Quem acompanhou todo o processo, viu os problemas que enfrentamos e que não foram poucos. Muitas injustiças, críticas maldosas com muitas mentiras e que incomodaram muito, mas sempre pedi a Deus, todos os dias, para que me desse muita força para enfrentar esta situação. Estou resolvendo um problema que é do futuro de Pará de Minas, pois estamos falando em água para os próximos 35 anos. A cidade fiou todos esses anos sofrendo na mão da Copasa e ninguém teve coragem de tomar uma decisão, mas alguém tinha que fazer alguma coisa. E Deus me iluminou para que eu tomasse a melhor decisão. O serviço de saneamento de Pará de Minas passa para a iniciativa privada, por meio de uma empresa forte e com uma grande experiência no mercado. Infelizmente, a Copasa deixou muito a desejar. A cidade ficou impedida de crescer porque não tem água. Esperamos que com esta licitação, a empresa Águas do Brasil venha a resolver este problema o mais rápido possível”, disse, emocionado, o prefeito Antônio Júlio.

Próximos passos

O contrato com a nova empresa será assinado nos próximos 15 dias. A transição já está sendo tratada pelo prefeito Antônio Júlio junto ao Governo de Minas e à Copasa.

A “Águas do Brasil” iniciará seus investimentos no município no ato da assinatura do contrato, de acordo com o novo Plano de Saneamento Básico de Pará de Minas. Nos primeiros dois anos, os investimentos previstos são da ordem de R$ 90 milhões. Durante os 35 anos do contrato, o total chegará a R$ 225 milhões, além da manutenção de todo os sistemas de água e esgoto. O faturamento/receita da empresa durante o contrato – nos valores de hoje – são de R$ 1,7 bilhão. A empresa venceu também a concorrência comercial e a tarifa a ser praticada pela empresa será de 3% mais barata do que a da Copasa.