20170731_135832-1

Nesta terça-feira (1º), uma Reunião Ordinária de Plenário e duas reuniões de comissão temática marcam o retorno dos trabalhos legislativos da Assembleia. Dois vetos do governador do Estado, Fernando Pimentel, a proposições aprovadas na ALMG devem ser recebidos em Plenário. Eles incidem sobre projetos que concedem anistia a policiais e a servidores da educação que participaram de greves.
Nos dois casos, o governador alegou vício na iniciativa, que caberia exclusivamente ao Executivo. Ele também pontuou decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF), que vedou o direito de greve a policiais.

Assim que forem lidos em Plenário e publicados, os vetos serão distribuídos a comissões especiais, que terão um prazo de 20 dias para emitir parecer. Para decidir sobre eles, o Plenário tem um prazo total de 30 dias, contados da data do recebimento da comunicação dos vetos.
O semestre começa movimentado também para as comissões temáticas, que realizam quatro audiências públicas já na primeira semana, todas na sede da ALMG. Também já estão agendadas visita em Campo Florido (Triângulo Mineiro) e reunião em Bocaiúva (Norte de Minas).