1_pmdb_1137.jpg.g

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, afirmou que o Governo Federal está empenhado em apoiar os produtores afetados pela estiagem. Ele detalhou ações do Ministério da Agricultura durante a 26ª Expoarinos, no município de Arinos, em Minas Gerais.

Uma das principais medidas será o incentivo à agricultura irrigada no Brasil. Para isso, serão destinados R$ 400 milhões em linha de crédito específica para irrigação, com juros de 3,5% ao ano e prazo de pagamento de até 15 anos. “Com isso, queremos fortalecer a produção de regiões que tradicionalmente sofrem racionamento de água, secas e estiagens”, explicou Antônio Andrade.

Outro aspecto refere-se às vendas de milho em Balcão, feitas pela Companhia Nacional de Abastecimento nas localidades de atuação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O ministro lembrou que municípios mineiros que têm atuação da Sudene estão recebendo o cereal e destinando ao Programa de Vendas em Balcão a pequenos produtores rurais, que utilizam o produto para ração animal.

Antônio Andrade ainda apresentou detalhes do novo Plano Agrícola e Pecuário para a safra 2013/14, que começa no dia 1º de julho. Desde o lançamento da proposta do Governo Federal, autoridades do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estão divulgando a proposta aos produtores rurais de todo o país.

Assessoria de Comunicação Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (PMDB-MG)