25362182524_3ccbf055b2_o

“O Hospital Regional vai ser aberto até meados de junho”. A confirmação foi feita pelo vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, durante visita às obras no bairro Mercês. Ele afirmou ainda que já está marcada uma audiência no Ministério da Saúde justamente para ver como o órgão vai ajudar na manutenção do hospital. A visita foi acompanhada pelo secretário de Estado da Saúde, Fausto Pereira dos Santos, prefeito Paulo Piau, deputado estadual Tony Carlos e secretário municipal de Saúde, Marco Túlio Azevedo Cury.

Na oportunidade o prefeito Paulo Piau entregou ao secretário de Estado os últimos documentos para a finalização do aditivo do convênio, no valor de R$ 4 milhões 557 mil, necessário para a conclusão da obra. Mais cedo, durante a reunião de trabalho do Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika Vírus realizada em Uberaba, o secretário de Estado ressaltou que o aditivo está em termos finais “para que a gente possa assinar e terminar a obra”. Segundo ele, o governo estadual está discutindo junto à Prefeitura questões relacionadas à gestão e ao custeio do hospital. O secretário lembrou que existe uma restrição importante do governo federal quanto ao custeio pelas dificuldades financeiras, também presentes no Estado e nos municípios. “Mas nós vamos encontrar uma equação para a abertura escalonada do hospital”, ressaltou.

O secretário Fausto Pereira ainda frisou que continua a discussão com os consórcios da região de como eles vão poder apoiar, já que o Hospital Regional vai compor o conjunto das unidades hospitalares que tem característica regional. O prefeito Paulo Piau destacou que o governo do Estado é um parceiro e está empenhado em resolver a questão.

O complexo do HR ocupa uma área de 18 mil m² e tem 14.400 m² de área construída. A primeira etapa vai colocar 40 leitos de internação, 10 leitos de UTI e 03 salas do bloco cirúrgico em funcionamento, além das áreas de apoio: Central de Material e Esterilização; Serviço de Nutrição e Dietética; Farmácia; e Lavanderia. No total, o Hospital Regional terá 160 leitos.