1_pmdb_946.jpg.g

Erradicação da pobreza deve ser atingida em dois anos

A presidente Dilma Rousseff anunciou, ontem, a ampliação do Programa Brasil Sem Miséria com o objetivo de erradicar pobreza extrema no país até 2014. A estratégia do Governo Federal é conceder às famílias cadastradas no programa Bolsa Família um complemento para alcançar a renda mínima de R$ 70 por pessoa. O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) considera que esse patamar está acima da extrema pobreza.

O deputado federal Leonardo Quintão (PMDB-MG) destaca. “Com essa ação, até o ano que vem, o país terá retirado da miséria cerca de 22 milhões de pessoas”, comemora o parlamentar. Ele reforça ainda o esforço do Congresso no apoio para que a medida de ampliação seja votada com urgência.

A presidente Dilma Rousseff destaca que o país dá um passo importante para o combate à desigualdade social. “Estamos virando uma página decisiva no combate a exclusão social”. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, esse incremento custará aproximadamente R$ 770 milhões este ano, elevando o orçamento do Bolsa Família, em 2013, para R$ 24 bilhões.

Assessoria de Comunicação Deputado Federal Leonardo Quintão (PMDB-MG)