1_pmdb_1009.jpg.g

Deputados membros da Comissão de Viação de Transporte (CVT) virão a Minas Gerais para ouvir as principais demandas dos moradores das cidades do entorno da BR 381 na próxima semana. Uma mesa redonda será realizada na cidade de Nova União com representantes da sociedade civil que cobram há anos a duplicação da conhecida Rodovia da Morte.

O deputado federal Leonardo Quintão (PMDB-MG), membro da CVT, é defensor das obras de duplicação na estrada que, somente ano passado, matou 124 pessoas, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal. “No mês passado, mais uma licitação que seria aberta para início das obras foi suspensa. Já são três suspensões por parte do DNIT e temos que averiguar o que realmente impede que a BR 381 seja duplicada”.

O DNIT suspendeu a licitação de quatro dos sete lotes que teriam obras iniciadas neste ano. São eles Governador Valadares a Belo Oriente (78,2 km); Belo Oriente a Jaguaraçu (60,2 km); Nova Era a João Monlevade (20,7 km); e Caeté à Avenida Cristiano Machado (13,4 km), somando 167 km. A reunião parlamentar será na segunda-feira às 9h.

Assessoria de Comunicação Deputado Federal Leonardo Quintão (PMDB-MG)