24-05

Debater a retomada das atividades da mineradora Samarco no município de Mariana, na região central do estado. Este foi o tema de uma audiência pública promovida pela Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG, realizada nesta terça-feira (23). Parlamentares e convidados debateram a importância das atividades da empresa pra a cidade.

O deputado Thiago Cota (PMDB), que defende a reabertura da companhia, reforçou a importância das atividades para as cidades que dependem da mineração e destacou as dificuldades enfrentadas no processo. “Recebemos aqui na ALMG, o presidente da Samarco, Roberto Carvalho, deputados, prefeitos e vereadores das cidades mineradoras de Minas e do Espirito Santo com o objetivo único de buscar meios de agilizar a volta da mineradora”, disse.

O parlamentar explicou ainda, que apenas a prefeitura de Santa Bárbara não entregou anuência para que a Samarco possa operar. “Por essa razão, foi aprovada na, Comissão, uma visita, com a presença dos prefeitos das cidades mineradoras, ao governador do Estado, ao ministro de Minas e Energia e ao prefeito de Santa Bárbara, para viabilizar essa tão esperada autorização”, contou.

As atividades da mineradora foram interrompidas após um acidente com uma de suas barragens de contenção de rejeitos em novembro de 2015. Na ocasião, o rompimento da barragem devastou o distrito de Bento Rodrigues e contaminou o leito do Rio Doce. Até o acidente, 89% da receita de Mariana era provinda da atividade mineradora.