10-08 Comissão debate segurança pública em Betim

Esta semana a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG, realizou audiência pública com objetivo de discutir alternativas para combater a criminalidade em Betim, município da região metropolitana de Belo Horizonte. Na ocasião, o vice-presidente da Comissão, deputado Cabo Júlio (PMDB), lembrou que Minas vive um momento trágico e a tendência, segundo o parlamentar, é piorar.

Os problemas enfrentados pelo município, segundo o deputado, são agravados pela deficiência no número de policiais. No que diz respeito a Polícia Civil, Cabo Júlio diz que a situação é caótica. “A Polícia Civil vive o pior momento de sua história. Há cinco anos não é realizado concurso para delegado ou escrivão. Muitos investigadores que foram nomeados saíram devido à reforma na Previdência”, disse.
Para o deputado é preciso cuidar das polícias Militar e Civil para garantir segurança à população. “A Polícia Civil não tem estrutura para investigar, e se não há investigação, os crimes aumentam.
Precisamos fazer com que a Polícia volte a funcionar”, afirmou o parlamentar.

A expectativa, segundo Cabo Júlio, é que novos concursos sejam realizados para suprir as defasagens enfrentadas pela corporação. “Não adianta os gestores das polícias não terem ferramenta, e ferramenta é efetivo na rua”, reforçou.