MSM_8747

Foi empossado na última terça-feira (06), em Belo Horizonte, ao novo comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), o coronel BM Cláudio Roberto de Souza. Ele substitui o coronel Luiz Henrique Gualberto, que ocupava o cargo desde janeiro de 2015.
Durante discurso, o novo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, afirmou que a corporação não medirá esforços para atender às demandas da população de Minas Gerais. “A instituição seguirá firme a sua missão maior de ser o braço forte do governo do Estado, no apoio à população mineira nos momentos mais críticos e de sofrimento. E, para que essa meta seja atingida, buscaremos a integração com todos os demais órgãos do Estado, sempre com uma gestão firme, racional e eficiente”, afirmou.

Investimento

Desde 2015, o Governo de Minas Gerais tem adotado uma estratégia de regionalização de suas ações por meio da divisão do Estado em 17 Territórios de Desenvolvimento. No caso do Corpo de Bombeiros, a estratégia de reestruturação e reorganização de pessoal resultou na inauguração de comandos operacionais em Montes Claros, Governador Valadares e Poços de Caldas.
Além disso, foram inaugurados pelotões em Caratinga, Leopoldina, Extrema e Paracatu. Outra ação foi elevar as Companhias de Alfenas, Araguari, Conselheiro Lafaiete, Diamantina, Lavras e Pará de Minas a Companhias Independentes, o que garante maior autonomia administrativa, aumento do número de militares e de recursos. O Governo do Estado também entregou 209 viaturas e duas aeronaves de combate e salvamento à corporação, além de ter criado a Unidade Aérea de Varginha.
Compareceram ao evento o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes, o procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet; o comandante-geral da Polícia Militar, Helbert Figueiró de Lourdes; o chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, João Octacílio Silva Neto, o general da divisão Henrique Martins, da 4ª Região Militar do Exército, os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, de Segurança Pública, Sérgio Menezes, de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, de Casa Civil e Relações Institucionais, Marco Antônio Teixeira, de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, além dos deputados estaduais Coronel Piccinini, Dirceu Ribeiro e Cabo Júlio.