img_7618

Na abertura do processo de revisão do Plano Plurianual de Ação Governamental 2016-2019 (PPAG) realizada no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), nesta segunda-feira (07), o secretário de Planejamento, Helvécio Magalhães anunciou que será preciso rever prioridades para enfrentar a crise econômica que assola o país. “O importante mesmo é o processo. É dar transparência, mostrar a realidade do Estado, de onde estão vindo os recursos, com o que estamos gastando. É um show de democracia. Ações precisam ser reduzidas, mas com transparência e responsabilidade”, garantiu.

O PPAG organiza tanto as regiões do Estado a serem beneficiadas quanto os programas e ações que o governo pretende desenvolver no período de quatro anos, com as respectivas metas fiscais e orçamentárias. É um plano de médio prazo, que passa por revisões anuais para torná-lo compatível com a Lei Orçamentária Anual (LOA). A programação de revisão de 2016 traz duas audiências públicas conjuntas, realizadas pela Comissão de Participação Popular e de Fiscalização Financeira e Orçamentária, além de atividades em grupos de trabalho, divididos nos cinco eixos que norteiam o planejamento do governo: segurança pública; desenvolvimento produtivo, científico e tecnológico; educação e cultura; saúde e proteção social; e infraestrutura e logística.