Foto de Pollyana Miliniak ALMG

Com o intuito de chamar atenção da sociedade para os riscos de cometer infrações no trânsito, a deputada Celise Laviola (PMDB), discursou, na tarde desta quarta-feira (11), no plenário da Assembleia Legislativa. Em seu pronunciamento a parlamentar lembrou que “Maio Amarelo” foi o movimento de conscientização consagrado para chamar atenção da sociedade para o alto índice de acidentes no trânsito.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, ficando atrás somente da Índia, China, Estados Unidos e Rússia. Celise destacou o alto índice de acidentes em Belo Horizonte e em Minas Gerais, dados que, segundo ela, são preocupantes. “Em Belo Horizonte, segundo dados da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), somente em janeiro deste ano foram registradas 5.202 ocorrências, das quais 890 resultaram em vítimas. O Diagnóstico de Acidentes de Trânsito de Minas Gerais divulgado pela Seds, que reúne dados de 2014 e 2015, revela que no ano passado, 275.944 acidentes foram registrados no estado”, informou.

Ao fim, a deputada destacou que a grande chance de mudança está no modo como motoristas, motociclistas, cliclistas e pedestres utilizam as vias. Celise alerta que é preciso ser responsável no trânsito. “Dirigir com calma, respeitar a sinalização e as faixas de pedestres, lembrar da fragilidade dos ciclistas, não fazer ultrapassagens proibidas e respeitar o limite de velocidade são atitudes simples, mas que podem reverter essa realidade”, concluiu a parlamentar.