DSC_0056

Prefeitos de Guaraciaba, Piranga, Barra Longa, Barão de Cocais, Paula Cândido, Imbé de Minas e Itabirinha estiveram com o deputado Thiago Cota, na terça-feira (25), na sede da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab Minas), para a assinatura do protocolo de Cooperação Mútua e Parceria para a construção de novas moradias nos respectivos municípios

Durante a assinatura do Protocolo, o presidente da Cohab Minas, Alessandro Marques, apresentou as formas de investimentos em habitação, adotados pela empresa, e as faixas de renda que podem ser contempladas.

Para o deputado Thiago Cota, responsável pela viabilização do programa nos municípios, as assinaturas representam o primeiro passo que os prefeitos estão dando para realizar o sonho da casa própria para centenas de famílias. O deputado afirmou ainda que, em breve, após aprovação da documentação dos municípios junto a Cohab, será iniciado o processo de construção das novas moradias, com previsão de entrega já no primeiro semestre de 2018.

Assinaram o Protocolo de Cooperação o prefeito de Guaraciaba, Gustavo; o prefeito de Piranga, Zé Carlos; O prefeito de Barra Longa, Elísio; o prefeito de Barão de Cocais, Décio; o prefeito de Itabirinha, Dego Reis; o prefeito de Imbé de Minas, Marquin; e o prefeito de Paula Cândido, Marcelo.

Programa de Habitação da Cohab Minas

A construção dos conjuntos habitacionais faz parte da política de habitação para o desenvolvimento do Estado, permitindo o acesso à casa própria a um número maior de famílias em diversos municípios mineiros, procurando, também, garantir acesso aos serviços de saúde, saneamento e educação, entre outros.

A comercialização das unidades é último passo exigido pela agente financeira do programa, a Caixa Econômica Federal, antes da emissão da ordem de serviço para a execução das obras, feitas com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), atendendo famílias com renda mensal enquadrada nas chamadas faixas 1,5; 2 e 3 do Programa Minha Casa Minha Vida. Cabe à Cohab Minas, como agente promotor, a organização do grupo de beneficiários, a apresentação da documentação à Caixa e a produção das unidades habitacionais.