1_pmdbminas_257.jpg.g

O PMDB Mulher de Minas Gerais, em parceria com a Fundação Ulysses, realizou, no dia 19 de abril, sexta-feira, na Escola do Legislativo, o Fórum Estadual “O PMDB Mulher e os Municípios Mineiros – Tecendo a Rede – O compromisso das Mulheres Peemedebistas com a cidadã, o cidadão e a cidadania”.

O evento teve como objetivo reunir prefeitos, vice-prefeitos, presidentes de diretórios municipais e núcleos do PMDB, além de toda a militância do partido para discutir e debater temas relevantes para a sociedade no âmbito municipal, estadual e federal.

Estiveram presentes a presidente do PMDB Mulher estadual e secretária-geral do PMDB Mulher Nacional, Maria Aparecida Moura, o presidente do PMDB de Minas Gerais, deputado federal Saraiva Felipe, o senador Clésio Andrade, o membro do Conselho Curador da Fundação Ulysses Guimarães, Francisco Donato, o presidente da Fundação Ulysses Guimarães de Minas Gerais, Itamar de Oliveira, o presidente da JPMDB estadual, Felipe Piló, o presidente do PMDB Afrobrasileiro estadual, Vanderlei Lourenço, o secretário-geral da JPMDB Nacional, Bruno Júlio, a presidente do PMDB Mulher do Distrito Federal, Éricka Nogueira, a coordenadora nacional do Programa de Ensino à Distância da Fundação Ulysses Guimarães, Elisiane Silva, o coordenador nacional dos núcleos do PMDB, Sandro Salazar, o candidato a vice-prefeito de Belo Horizonte na chapa PT/PMDB, nas eleições municipais do ano passado, Aloísio Vasconcelos, a especialista em Gestão Empresarial – IBAM, Leene Marques, dentre outras lideranças.

De acordo com Saraiva Felipe, o Fórum, coordenado pelo núcleo feminino do Partido, representa um trabalho de grande relevância para a qualificação da militância peemedebista.

Relatou também que hoje o PMDB de Minas conta com 134 vereadoras, mais de 2 milhões e 500 mil filiados, 122 prefeitos e mais de 4.946 diplomados pelos cursos de Ensino à Distância da Fundação Ulysses Guimarães. Os cursos da Fundação, segundo o presidente, são fundamentais em uma sociedade na qual a política é encarada como nociva à população.

“O PMDB mineiro mostra-se cada vez mais forte. Exemplo disso foi a eleição municipal do ano passado, que aumentou em 200 mil o número de votos para o Partido no estado. Nossos resultados, a união de toda a bancada estadual e federal, fizeram com que, hoje, a sigla em Minas recebesse o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do governo da presidenta Dilma Rousseff, através no nome do deputado federal Antônio Andrade, reforçando a atuação política mineira no governo federal. Esse crescimento, se contínuo, não apenas em quantidade, mas principalmente com qualidade, poderá nos levar à conquista do governo estadual. E o nosso ideal para o presente é a candidatura própria, protagonizar a história de Minas e o fortalecimento dos nossos municípios e núcleos”.

O senador Clésio Andrade, pré-candidato ao governo do Estado pelo PMDB, parabenizou a organizadora do evento, Aparecida Moura, pelo trabalho desenvolvido no interior de Minas, junto aos presidentes dos diretórios municipais e presidentes do núcleo feminino, com o objetivo de fomentar as políticas públicas para as mulheres, valorizar o papel da mesma na política atual e formar quadros qualificados através dos cursos da Fundação Ulysses Guimarães.

O senador fez também um breve histórico da situação do Estado, ressaltando a necessidade da melhoria das estradas mineiras, a crescente desindustrialização e os graves problemas ligados à educação, saúde e segurança.

“Precisamos construir uma nova realidade em Minas e o PMDB tem o papel de, no próximo ano, apresentar nomes que possam continuar representando os interesses dos mineiros, tanto na Assembleia Legislativa, quanto na Câmara dos Deputados, Senado e, principalmente, no governo do Estado. Eu, mais uma vez, me coloco à disposição do PMDB, como soldado, para lutar em favor do povo de Minas Gerais”.

O membro do Conselho Curador da FUG Nacional, Chico Donato, representando o presidente Nacional da Fundação, deputado federal Eliseu Padilha, também parabenizou o núcleo feminino de Minas Gerais pelo evento.

Chico, em nome de Padilha, leu uma mensagem na qual o presidente enalteceu o evento e o estado de Minas Gerais como membro fundamental do que vem sendo realizado pela Fundação no plano Nacional.

Segundo Chico, o presidente da FUG, o senador Valdir Raupp, presidente Nacional do PMDB e o vice-presidente da República, Michel Temer, são hoje os grandes incentivadores da formação e desenvolvimento político do PMDB.

O presidente do PMDB Afrobrasileiro de Minas Gerais, relatou, em seu pronunciamento, o momento de solidificação no qual o núcleo afro tem vivido, tanto no plano estadual, quanto no nacional.

Segundo ele, embora não pareça, a sociedade ainda vive um nível de preconceito acentuado e, por isso, o PMDB Afro tem trabalhado ações afirmativas, que representem os negros brasileiros.

“Segundo dados, hoje temos certa de 52% da população composta por afro descendentes, e esse número cresceu porque as pessoas têm se assumido como negras. O preconceito hoje acontece de maneira muito sutil e, por isso, ele acaba sendo muito mais difícil de ser trabalhado. É por isso, que devemos lutar pela educação de qualidade, que forme cidadãos conscientes dos seus deveres e direitos, afinal o preconceito é filho da ignorância”.

No decorrer do evento, os participantes do Fórum ouviram e trocaram informações de relevância com os palestrantes sobre a transparência e controle social, sobre o Sistema de Gestão, Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal, sobre Políticas Públicas para a Juventude, a mulher e a cidadania e sobre o Programa de Formação Política EAD.

Assessoria de Comunicação PMDB-MG