Instituto Pró-Verde pode se tornar entidade de utilidade pública

Proteger o meio ambiente por meio do gerenciamento de resíduos sólidos e da reciclagem. Esta é a principal atividade do Instituto Pró-Verde – Soluções Sócio Ambientais. Localizada em Belo Horiozonte, a instituição, que trabalha sem fins lucrativos, pode se tornar entidade de utilidade pública. Recentemente, o deputado Iran Barbosa (PMDB), apresentou, na Assembleia, o Projeto de Lei 3706/16, que concede o título ao Instituto.

Na justificativa, o parlamentar explica que o Instituto tem, por finalidade, promover o gerenciamento de resíduos sólidos, desenvolvendo e executando ações nas etapas de coleta, transporte, transbordo, tratamento e destinação adequada visando à reciclagem. Iran ainda esclarece que o Pró-Verde considera as dimensões política, econômica, ambiental, cultural e social, além do desenvolvimento sustentável.
O projeto, que está aguardando designação de relator, será apreciado em turno único pela Comissão de Constituição e Justiça da ALMG.