20160504_094825

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Adalclever Lopes (PMDB) e cerca de 60 parlamentares, entre membros da Mesa da Assembleia e líderes, receberam na manhã desta quarta-feira (4), no Salão Nobre, representantes do Poder Judiciário. Os magistrados compõem a nova Mesa Diretora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) eleita para o biênio 2016-2018. Os deputados receberam também o atual presidente do Judiciário, desembargador Pedro Bitencourt Marcondes que passará o cargo ao seus sucessor, desembargador Herbert Carneiro, no dia 1º de julho.

O desembargador Pedro Bitencourt lembrou que quando foi eleito também esteve na Assembleia Legislativa para um encontro com os deputados e ressaltou que sua gestão soube garantir a harmonia entre os dois poderes ao longo do último biênio, o que segundo ele, deve se repetir com o futuro presidente Herbert Carneiro. “Hoje vejo com satisfação que conseguimos esta interação, estou certo de que meu sucessor e todos que compõem esta nova direção do tribunal farão um ótimo trabalho, certamente voltado ao interesse público”, observou Pedro Bitencourt.

Para o futuro chefe do Tribunal de Justiça, Herbert Carneiro, a parceria com o Parlamento vem de muito tempo e precisa ser cada vez mais aprimorada. Carneiro elogiou o trabalho realizado por seu antecessor e se mostrou firme no propósito de fazer o mesmo, avançando nos serviços prestados pelo judiciário. “Diálogo e compromisso com o aprimoramento do Tribunal de Justiça pautarão o trabalho de nossa gestão. O desembargador Bitencourt avançou em inúmeras questões, temos de continuar nessa linha com o propósito de tornar o TJMG ainda mais célere e eficiente”, afirmou o desembargador Herbert Carneiro. “Contamos com esta Casa como parceira neste trabalho”, frisou.

O deputado Adalclever Lopes agradeceu a presença dos magistrados e diante de seus pares se comprometeu a ampliar o relacionamento que existe entre o Parlamento mineiro e o judiciário. “Esta visita é muito significativa para nós porque sinaliza o propósito de renovar o diálogo permanente entre o Legislativo e o Judiciário, que é essencial ao Estado Democrático de Direito”, ressaltou o presidente da ALMG. Lopes também elogiou o trabalho realizado pelo desembargador Pedro Bitencourt e mostrou confiança na gestão do desembargador Herbert Carneiro.