1_pmdb_1053.jpg.g

Redução de valor do produto no mercado deve ocorrer ainda no primeiro semestre deste ano

Os preços de diversos produtos alimentícios, entre eles o tomate, devem reduzir ainda no primeiro semestre deste ano, de acordo com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade. Ele esteve presente nesta terça-feira, 16 de abril, em evento com a presidenta da República, Dilma Rousseff, em Minas Gerais.

Segundo Antônio Andrade, a soma de diversos fatores acarretou em elevações de preços momentâneas, mas os valores devem voltar à normalidade nos próximos meses.

Ele afirmou que a supersafra do fruto no ano passado, que reduziu o valor do produto no mercado, fez com que “vários produtores diminuíssem a plantação de tomate”, levando-os a cultivar outros alimentos. As chuvas também interferiram no resultado da colheita, este ano.

“Houve um período muito bom de chuva no mês de março e abril. Agora, na segunda quinzena de abril já começa a estiagem, e as plantações de tomate, assim como de outros produtos, começam a ser aquecidas. Com isso, os preços vão cair para um patamar aceitável”, destacou Antônio Andrade.

Assessoria de Comunicação Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (PMDB-MG)