20161107_172135-1

A fim de alertar os homens sobre a importância do autocuidado em saúde e governantes sobre a necessidade de priorizar políticas públicas voltadas à saúde masculina, diversos movimentos foram criados – o Novembro Azul é um dos mais conhecidos e conta com o apoio do deputado Thiago Cota que endossa o alerta contra o câncer de próstata e reforça a importância de acabar com o preconceito.

O câncer de próstata ocorre principalmente em homens mais velhos. Cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, sendo raro antes dos 40 anos. A média de idade no momento do diagnóstico é de cerca de 66 anos. Desta forma, recomenda-se que a prevenção passe a ser feita a partir dos 45 anos se existe risco elevado para o surgimento do câncer, ou seja, casos de câncer de próstata na família.

O exame físico (de toque) é realizado pelo médico e dura apenas 10 segundos! Tem como objetivo analisar a consistência da próstata, o tamanho e se existem lesões palpáveis através do reto na glândula. Esse exame ainda gera muita polêmica e, talvez por isso, a conscientização sobre a gravidade da doença seja tão necessária. “É preciso acabar com o preconceito que ainda existe em muitos homens, antes que os casos de câncer de próstata aumentem”, reforçou o parlamentar.