IMG-20161116-WA0014 (1)

Por meio de emenda indicada pelo deputado Vanderlei Miranda, o Núcleo do Câncer de Caratinga adquiriu um Voyage 0km. O veículo será utilizado pela equipe multidisciplinar para realizar visitas domiciliares e o atendimento dos pacientes com dificuldade de remoção, bem como na execução de serviços administrativos.

A instituição atende mensalmente mais de 500 pacientes que fazem tratamento contra o câncer e residem em municípios da microrregião de Caratinga, como Bom Jesus do Galho, Bugre, Córrego Novo, Dom Cavati, Entre Folhas, Iapu, Imbé de Minas, Inhapim, Ipaba, Piedade de Caratinga, Pingo-d’Água, Santa Bárbara do Leste, Santa Rita de Minas, São Domingos das Dores, São João do Oriente, São Sebastião do Anta, Tarumirim, Ubaporanga e Vargem Alegre.

Para o presidente do Núcleo do Câncer, José Maria Gonçalves, a aquisição do veículo não poderia vir em melhor hora. “Agora poderemos prestar um melhor serviço aos nossos assistidos. Antes fazíamos as visitas domiciliares com uma equipe reduzida, pois só tínhamos um Fiorino. As vezes, tínhamos que pagar um táxi em casos mais urgentes ou fazíamos a pé. Já deixamos também de atender por não ter condições. Por isso, o apoio do deputado foi uma benção”.

Localizada no centro de Caratinga, a instituição oferece aos pacientes medicamentos, fraldas, leites especiais, consultas, exames, atendimento psicológico, fisioterápico, nutricional, social, acupuntura e terapia reiki.

Na entrega do veículo, o deputado Vanderlei Miranda enalteceu o empenho da diretoria da entidade e também elogiou a equipe técnica e os voluntários que colaboram com o trabalho. “Fiquei muito feliz de ver a cara de felicidade daquelas pessoas por receberem o automóvel. Eu olhava para elas e para o veículo e pensava assim: ‘é tão pouco, mas representa tanto para elas’. O Núcleo do Câncer é mais uma entidade que nós não podemos deixar de lado. Precisamos sempre nos lembrar dela quando houver a disponibilidade de recursos que possam ser canalizados para tentar ajudá-los”.

Aproveitando a ocasião, o parlamentar fez um alerta sobre a importância do diagnóstico prematuro do câncer. “Quando constatado no início muitos dos cânceres têm cura. Mas em alguns casos, quando lamentavelmente chegam em um estágio avançado, nem todo o esforço é suficiente. Isso sem contar a carência dos hospitais, especialmente daqueles que trabalham nessa área. Nós sabemos que é um tratamento muitas vezes longo, caro e que se não houver por parte do poder público e por parte da própria sociedade uma sensibilidade para a questão, muitas pessoas morrerão. Eu acredito que a contribuição que cada um dá, mesmo que seja pequena, será bem aproveitada. Pois somadas as colaborações se transformarão em um grande recurso que ajudará a amenizar a carência e a necessidade da área de oncologia”.