Foto: Flávia Bernado

Foto: Flávia Bernado

Preocupado com a situação dos moradores de uma ocupação em Contagem, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adalclever Lopes, recebeu, nesta quarta-feira (22), representantes da Ocupação William Rosa. Os moradores temem ficar desabrigados após a conclusão de um pedido de reintegração de posse, já que o terreno invadido pertence às Centrais de Abastecimento de Minas Gerais S/A (CeasaMinas). Na ocasião, o parlamentar se comprometeu a solicitar, junto ao Tribunal de Justiça, a suspensão do pedido de reintegração até que outras medidas sejam tomadas.

O terreno foi ocupado há cerca de três anos. Lá, aproximadamente 400 famílias residem em construções de madeira e lona. Não é a primeira vez que o parlamentar recebe os moradores. No último dia 16, representantes da ocupação se encontraram com o presidente da Assembleia para tentar, no poder legislativo, a mediação do conflito.

Lacerda Santos, que representou os moradores na reunião, explicou que já houve negociações envolvendo os governos federal, estadual e municipal. Segundo ele, não houve homologação do acordo pelo Poder Judiciário, o que os deixou em situação de incerteza. Durante a reunião, Lacerda pediu apoio da ALMG para a formalização de um acordo que prevê a permanência da comunidade no local até que a prefeitura de Contagem doe o terreno para construção de unidades habitacionais pelo governo federal através do programa “Minha Casa Mina Vida”. Nesse intervalo, o governo estadual daria auxílio-moradia às famílias até a entrega das novas unidades.