27182893316_bf683de532_o

O prefeito Paulo Piau assinou hoje (23), na Secretaria de Estado da Saúde em Belo Horizonte, o aditivo que permitirá a conclusão da obra do Hospital Regional. Participaram da reunião o Deputado Estadual Tony Carlos, que participou ativamente da negociação que resultou no aditivo, bem como o secretário municipal de Saúde, Marco Túlio Cury. O aditivo assinado é no valor de R$ 3.631.232,56, sendo que R$ 770.909,46 são de contrapartida da Prefeitura.

“Agora temos uma perspectiva para abrirmos o hospital. Com a assinatura do convênio a liberação do recurso está prevista para imediato. Desta forma vamos contatar a Construtora Guia para acelerar a conclusão da obra que não parou, mas estava em um ritmo mais lento. Eu e o secretário Túlio Cury também tratamos a questão do pré-custeio no valor de R$ 150 mil/mês por parte do Estado e agora vamos levar a questão ao Ministério da Saúde, no sentido de fecharmos esta questão o mais rápido possível”, destacou o prefeito.

Entre as pendências estão à instalação de cerca de 40% do ar condicionado, execução de parte da pintura e colocação de forro (teto) no setor de UTI. Com previsão de abertura ainda no primeiro semestre de 2016, o Hospital Regional está com 95% das obras concluídas. O complexo ocupa área de 18 mil m² no bairro Mercês e tem 14.400 m² de área construída. A primeira etapa tem previsão de colocar 50 leitos em funcionamento, além das áreas de apoio: Central de Material e Esterilização; Serviço de Nutrição e Dietética; Farmácia; e Lavanderia. No total, o Hospital Regional terá 160 leitos.
Conforme a legislação, os recursos para a manutenção do Hospital Regional virão 50% do governo federal, 25% do governo estadual e 25% dos municípios. A primeira etapa do Hospital tem uma previsão de custeio de R$ 2,5 milhões.

Ainda em Belo Horizonte, o prefeito participou a convite do Deputado Tony Carlos, da cerimônia para entrega de veículos para o município. O deputado conseguiu três veículos para Uberaba. “O deputado Tony Carlos é um defensor da nossa região. Ele teve um papel imprescindível na questão do Hospital Regional, que atenderá 27 municípios e também conseguiu veículos para Uberaba que nos auxiliarão na economia, visto que estes que recebemos substituirão veículos locados para áreas estratégicas”, explicou Piau.

Alinhamento – O prefeito também esteve com o vice-governador de Minas Gerais, Antonio Andrade. Eles discutiram questões envolvendo projetos de Uberaba, sendo um deles, a Planta de Amônia da Petrobras no DI-III. Piau explicou que estará em Brasília nesta terça-feira, na Casa Civil, onde discutirá a questão com o ministro Eliseu Padilha. O prefeito defende a necessidade de discutir de forma contínua a situação do projeto, para que o mesmo não cai no esquecimento, somando prejuízos mediante o que já foi investido. Ele lembra que a conclusão da Planta de Amônia trará inúmeros benefícios para Uberaba que, além da chegada do gás, receberá outras empresas que já externaram interesse em se instalar na cidade, sem contar a grande quantidade de postos de trabalho que serão abertos. Piau destaca que o vice-governador é um apoiador do projeto e por isso é necessário alinhar o discurso e discutir os próximos passos a serem dados.

O prefeito também esteve na Cemig onde discutiu sobre projetos de empresas rurais da cidade, com o objetivo de dar agilidade na demanda. Piau, também amanhã, em Brasília, cumprirá agenda na Casa Civil e discutirá no Ministério do Planejamento, na área de Patrimônio da União, sobre assinatura de contrato de área para a Polícia Federal.