NM5A8234

A ideia em ano de eleição é fazer o maior número de prefeitos e vereadores possível. Para isso o Partido não para de trabalhar. Na última segunda-feira, recebeu três novas filiações de deputados com mandato: Isauro Calais, Douglas Melo e Thiago Cota que têm um discurso em comum: “fortalecer a bancada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais para ajudar o Estado a enfrentar problemas que perduram há anos”.

O deputado Thiago Cota que deixa o PMB, representa a região Central do Estado. O parlamentar se diz orgulhoso por pertencer agora a bancada do PMDB. “Eu costumo dizer que é a bancada mais qualificada que nós temos na Casa. Vou poder aprender muito com deputados experientes que nós temos no PMDB”, ressaltou. Focado nas atividades parlamentares, Cota disse que o seu objetivo é ajudar o partido a reerguer o Estado.

Para o deputado Douglas Melo ex-PSC, não é diferente. “O PMDB tem compromisso com o povo mineiro e isso significa acima de tudo fortalecer o estado”, observou. Representante de Sete Lagoas, Melo não descarta a possibilidade de colocar seu nome a disposição para disputar a prefeitura local. “Existe sim a possibilidade de disputar o próximo pleito em Sete Lagoas, mas as decisões devem ser tomadas dentro do partido”, observou Douglas.

O parlamentar Isauro Calais que representa a Zona da Mata deixa o PMN para também reforçar a bancada do PMDB. “Estar num partido forte, significa ter um papel importante nas decisões do Estado e nós vamos estar contribuindo para as melhores decisões”, disse. Certo de que tomou a melhor decisão dos últimos tempos, Calais garantiu que dará uma significativa contribuição para que o PMDB possa fazer o maior número de prefeitos na Zona da Mata. “A região tem 140 municípios e não tem representante do PMDB. É lá que os candidatos de outros partidos vão buscar votos”, ressaltou.

Os novos nomes para o partido agradaram o líder da maioria na Casa, deputado Vanderlei Miranda. “Receber os novos companheiros é uma grande honra, primeiro porque esses deputados são muito atuantes e isso para nós é muito importante. Embora venham de agremiações diferentes, eles vêm para somar”, observou. Compartilha a mesma opinião o líder do governo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Durval Ângelo. “O crescimento do PMDB para nós é fundamental. Isso fortalece a base de governo”, observou.

O secretário de governo Odair Cunha que acompanhou as filiações na sede do partido, reforçou a aliança do PT com o PMDB e confirmou o desejo do governo. “Nós queremos em Minas mais prefeitos do PMDB eleitos em todas as regiões do Estado”, afirmou. Na sequência, o presidente da ALMG, Adalclever Lopes, reforçou a grande aliança feita no atual governo e cumprimentou os novos filiados. “Uma aliança só é saudável e frutífera quando nascem os filhos”, disse Lopes.

O vice-governador, Antônio Andrade que também preside o PMDB em Minas não poupou elogios aos novos filiados e lembrou que a bancada passa a contar com 13 parlamentares. “Agora o PMDB contempla todas as regiões do estado de Minas Gerais”, observou.