1_pmdb_1157.jpg.g

Na tarde do dia 10 de agosto de 2013, o PMDB de Minas realizou na UNI-UBE, em Uberaba, o segundo dos 20 Encontros Regionais que serão realizados em todo o estado e contou com a participação do presidente estadual da sigla, deputado federal Saraiva Felipe, do senador Clésio Andrade, do deputado estadual Leonídeo Bouças, do prefeito do município de Uberaba, Paulo Piau, do presidente da Câmara Municipal da cidade, Tony Carlos, e também prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes de diretórios municipais, dentre outras lideranças de mais de nove municípios.

A reunião teve como principal objetivo o fortalecimento dos municípios que compõem as Coordenadorias do PMDB de Araxá, Frutal e Uberaba.

De acordo com o atual presidente da sigla no Estado, deputado federal Saraiva, a organização do partido é a principal preocupação da Executiva Estadual, no momento. Aproveitou para salientar que o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp, liberou que sejam realizadas convenções municipais até o final deste ano em Minas. O objetivo, segundo o deputado, é que sejam instaurados pelo menos 500 diretórios municipais.

Outro ponto apresentado pelo presidente é a questão das eleições do próximo ano. Saraiva enfatizou que o nome que tem se destacado e se colocado à disposição do Partido como pré-candidato ao governo do Estado é o do senador Clésio Andrade.

Em relação às manifestações, Saraiva Felipe falou da preocupação em mudar o PMDB. Para ele, é necessário que o partido trabalhe incessantemente neste ano, encontrando quadros qualificados que possam representar a população nas urnas.

Eduardo, presidente do PMDB Municipal de Uberaba, em sintonia com o discurso do deputado federal Saraiva Felipe falou da importância da organização do PMDB na região, com o objetivo de conseguir representantes nas esferas estadual e federal, em 2014.

Em relação ao diretório municipal de Uberaba, falou do recadastramento e das novas filiações que estão sendo realizados.

“Estamos trabalhando com números, mas também com a qualidade e nossa finalidade é a realização da convenção municipal. Temos colaborado com a administração do prefeito Paulo Piau e nosso alvo é continuar desenvolvendo a cidade, com novas lideranças jovens, mulheres e negros”.

Em seguida, o presidente da Câmara Municipal e primeiro suplente a deputado estadual, Tony Carlos fez um relato sobre a representação de Uberaba na região sudeste do País. Segundo ele, o município é o quarto do sudeste em agronegócio. É também produtor de milho, soja e é o 10º município em produção de leite.

“Nós, do Triângulo Mineiro, temos sede de progresso e estamos empenhados em fazer com que o Estado respeite nossa região”.

Leonídeo Bouças, deputado estadual majoritário no município de Uberlândia, destacou em seu discurso, a representatividade do PMDB em nível nacional.

“São 80 deputados federais, 20 senadores, inúmeros representantes no legislativo de todos os Estados e temos o vice-presidente da República. Somos o maior partido do País”.

No entanto, Leonídeo endossou que, no momento, é de suma importância que o PMDB enfrente o desafio da candidatura própria.

“Nosso partido deve ir para a disputa. Estamos presentes em todos os estados e municípios do País. Temos uma grande bancada federal e somos detentores de um extenso tempo de televisão. Em Minas Gerais, temos de nos unir, em prol do fortalecimento do partido, das candidaturas das nossas lideranças e também da candidatura do senador Clésio Andrade ao governo do Estado”.

Em relação ao Triângulo Mineiro, o deputado ressaltou que a região vive um momento singular, por ser administrado por duas lideranças: Gilmar Machado e Paulo Piau. De acordo com ele, devido à vasta experiência das duas lideranças, tanto no âmbito federal, quanto no estadual, há um desenvolvimento não apenas das cidades de Uberlândia e Uberaba, mas do Triângulo como um todo.

Paulo Piau, prefeito de Uberaba e anfitrião do evento, sinalizou em sua fala, acreditar que o Congresso Nacional dará uma resposta, mesmo que mínima, às manifestações ocorridas.

Ele acredita também que as coligações tenderão acabar e, segundo Piau, é mais um motivo para que o PMDB se fortaleça, trabalhe e eleja um grande número de deputados federais, estaduais e o candidato ao governo do Estado.

“O povo foi para as ruas pedindo alguma coisa diferente. Se conseguirmos suprir as necessidades da população, é um sinal de que estamos dando conta do recado. Se não, seremos trocados. Precisamos construir um projeto que seja visto como solução para todos, um projeto de nação”.

Piau fez questão de endossar que, hoje, o Triângulo Mineiro e o Alto Paranaíba são regiões homogêneas. Segundo o prefeito, há uma busca de um modelo de planejamento de fortalecimento da região como um todo, pensando também no desenvolvimento dos pequenos municípios da região.

“Estamos em uma região bem localizada e concentramos, por exemplo, o maior número de universidades do estado. Precisamos refletir sobre o importante papel que desempenhamos e buscar o fortalecimento do PMDB com o objetivo de sermos conhecidos como a melhor região em qualidade de vida.

Em relação ao diretório municipal, Piau contou que o PMDB objetiva duas mil novas filiações nos próximos anos.

“Estamos reorganizando a casa, e me comprometo a dar apoio a todos os municípios em que fui majoritário, fazendo crescer o PMDB da região”.

Finalizando a série de discursos, o senador Clésio Andrade, em sintonia com as falas anteriores, também falou do fortalecimento do PMDB e da necessidade da organização do partido no estado para que, nas eleições de 2014, a sigla saia na frente como a grande vitoriosa.

Segundo ele, as manifestações ocorridas durante o mês de junho obrigam os partidos a mudarem seus paradigmas e melhorarem.

“A população clama por transformações e nós, mineiros, temos convivido com problemas relacionados à falta de recursos em áreas como a saúde. Os diagnósticos e equipamentos são mais caros e, por isso, precisamos de investimentos. O percentual da União destinado para a saúde deve ser aumentado. A educação também está caótica. É necessário uma melhor remuneração aos profissionais da educação. A segurança é outro ponto que deve ser destacado. Minas Gerais aumentou 20% os crimes violentos em relação ao mesmo período do ano passado e, infelizmente, somos o único estado do sudeste em que a violência aumentou. A questão de mobilidade urbana também é preocupante, afinal, 3 milhões e meio de veículos são produzidos por ano e com isso necessitamos de uma melhora do transporte de massa”.

De acordo com o senador e pré-candidato ao governo, o PMDB tem condições de realizar um grande projeto para Minas Gerais, através de sua bancada federal e estadual, e do seu trabalho enquanto senador e também como pré-candidato ao governo do Estado, sendo o alicerce para as mudanças que a sociedade tanto deseja.

A próxima reunião será realizada no dia 24 de agosto no município de São Lourenço.

Assessoria de Comunicação PMDB-MG