Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária

O Projeto de Lei 3231/2016 que reajusta os vencimentos dos servidores do Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais recebeu parecer favorável nesta quarta-feira (16), da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O projeto revisa o vencimento da categoria em 6,28% em duas parcelas. Uma retroativa a janeiro de 2016 e a a outra a partir de maio desse ano. O reajuste foi prometido em 2015 para por fim a uma greve de quase 37 dias no judiciário.

A categoria que acompanhou a reunião da comissão comemorou o parecer favorável. Para o relator da matéria, deputado Vanderlei Miranda, líder da maioria na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, a reação dos servidores do judiciário foi positiva com o conteúdo do relatório apresentado. “Eu acredito que a categoria ficou satisfeita com o percentual e principalmente com a fixação da data base”, observou. O parlamentar também reconheceu que existem outros problemas para serem resolvidos no judiciário como por exemplo a deficiência de pessoal e de juízes no estado. “O Projeto de Lei 3231 do executivo é um passo a mais que o governo Fernando Pimentel dá no sentido de prover os recursos para que a categoria possa ser contemplada com o reajuste”, concluiu.