Hely Tarqüínio (1º - vice-presidente da ALMG - PV/MG), Tony Carlos (deputado estadual PMDB/MG)

Hely Tarqüínio (1º – vice-presidente da ALMG – PV/MG), Tony Carlos (deputado estadual PMDB/MG)

O Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, nesta quarta-feira (06), o Projeto de Lei 1.682/15 que visa doar ao Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião do Triângulo do Sul – Cistrisul, cuja sede será instalada em Uberaba, no Triângulo Mineiro, um terreno 1.100 metros quadrados, pertencente ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG), situado às margens da BR-050. O local será destinado à construção do Samu Regional.

O autor do Projeto, deputado Tony Carlos (PMDB), explicou que o tempo até a conclusão das obras é relativamente grande. Neste intervalo, o objetivo do parlamentar é a assinatura de um convênio com a liberação de recursos para que o projeto funcione provisoriamente na Rua Treze de Maio, no centro de Uberaba, onde está instalado o Centro de Saúde Doutor Eurico Vilela. “Precisamos nos reunir com representantes do Estado para que isso ocorra. Serão necessárias obras de adaptação no local”, disse.

A implantação do Samu Regional será administrada pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde de Urgência e Emergência da Macrorregião do Triângulo Sul (Cistrisul), presidido pelo prefeito de Pirajuba, Rui Ramos. O projeto deverá atender 27 cidades da região. Além disso, está prevista a disposição de unidades avançadas para Araxá, Iturama e Frutal, além de bases em diversos municípios. Serão mais de 30 veículos entre ambulâncias e UTI’s móveis.

Aprovado em segundo turno pelos deputados da ALMG, o projeto segue agora para sanção do governador.