IMG-20171019-WA0015 (1)

Dentro de sua atividade parlamentar, o deputado estadual Tony Carlos (PMDB) reúne-se nesta quinta-feira (19), com o Secretário de Estado da Fazenda, José Afonso Bicalho, para solucionar pendências financeiras relacionadas a antiga Copervale. Isso porque na quarta-feira (18), no Centro Administrativo de Uberaba, foi apresentado ao prefeito Paulo Piau (PMDB) o Grupo Klar, que acaba de adquirir as ações da Copervale e deseja retomar as atividades no prazo de até 120 dias.

Na oportunidade, participaram do encontro o ex-vereador Marcelo Machado Borges, o “Borjão”, o vice-prefeito João Gilberto Ripposati, os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, José Renato Gomes; de Governo, Antônio Sebastião de Oliveira; de Agricultura, Luiz Carlos Saad; o presidente do Grupo Klar, Miguel Larios, e o advogado responsável pelo processo da retomada das atividades, Márcio Pereira Campos.

Tony Carlos explica que após a falência da Copervale, as pendências com a União foram solucionadas. No entanto, três processos de cobrança relacionados ao não pagamento do ICMS ao Estado permaneceram.

“Esses casos chegaram a ser dados como resolvidos pela Justiça. Agora, será uma questão de despacharmos essas pendências com o secretário de Estado para que os mesmos sejam excluídos. Certamente haverá o bom senso, já que estamos falando do aquecimento da economia para Uberaba e Minas Gerais. Serão cerca de 300 empregos diretos e indiretos, com a preferência para a mão-de-obra local, conforme nos garantiu o presidente do Grupo Klar, Miguel Larios”, revelou o deputado.

O Grupo Klar é formado por uma família da Nicarágua, atuando no Brasil no setor petrolífero há quase 40 anos, fornecendo produtos químicos para a extração e beneficiamento do petróleo para a Petrobrás. A rede de empresas também mantém atividades na área do futebol privado do Estado do Rio de Janeiro, além de saneamento e agora leite, com destaque para os produtos lácteos, como doces, queijos, requeijão, manteiga e iogurte.

“Eles escolheram atuar em Uberaba por termos uma das principais bacias leiteiras do Brasil. Somos o 10º maior produtor de leite do País, ordenhando 180 mil litros por dia, o que representa 28 mil vacas de lactação. O nome ‘Centenário’ será mantido na região. No entanto, nacionalmente funcionará como Vitorela. Um especialista nacional do setor de laticínios foi contratado para integrar a empresa. As obras de adequação e a retomada do funcionamento deverão ocorrer no prazo de 90 a 120 dias”, informou Tony.

Piau vibrou com a conquista e destacou a importância do Governo de Minas neste momento. “Essa questão deve ser resolvida com agilidade, facilitando assim a vida de quem deseja empreender e, sobretudo, pagar impostos e ajudar o Estado a crescer. Ao lado do deputado Tony Carlos, faremos uma força tarefa para que a empresa comece a operar o mais rápido possível para gerar emprego e renda para o povo”, finalizou o prefeito de Uberaba.