DSC02871

A emenda parlamentar indicada pelo deputado Vanderlei Miranda para a Associação Arca da Vida, localizada no município de Campo Belo, possibilitou a aquisição de um veículo Onix 0km. A entidade, fundada há 4 anos, atende crianças e mulheres em situação de risco por meio de oficinas de artesanato, aulas de dança, brinquedoteca, grupo de convivência e ainda realiza a doação de leites especiais e cestas básicas.

A presidente da associação, Cynthia Guimarães, disse que o veículo facilitará a entrega de doações, visitas sociais, transporte dos beneficiados para consultas médicas e também na realização das demais atividades administrativas. “Antes não tínhamos carro para executar todo esse trabalho, mas Deus abriu as portas e usou o deputado Vanderlei para poder fazer a destinação do recurso para que pudéssemos comprar esse veículo que será uma bênção”, disse ela.

Cynthia chegou a pensar que a Arca da Vida não seria contemplada por ser uma instituição com pouco tempo de atuação e por não ser muito conhecida. “Eu fiquei muito grata, porque não achei que daria certo. Mas mesmo diante de todos as instituições que buscam esse recurso o deputado reconheceu o nosso trabalho e nos ajudou. Eu o vejo como um homem de Deus, homem de bem, um pacificador, homem que tem o objetivo de ajudar as pessoas e pronto para defender na Assembleia Legislativa aquilo que a população precisa”.

Vanderlei Miranda salientou que o valor de uma instituição não é estimado pelo seu tempo de atuação, por ser conhecida ou famosa, mas pelo seu trabalho e dedicação às pessoas que necessitam de auxílio. “Conheci a Arca da Vida quando estive em Campo Belo para entregar à rádio comunitária do município equipamentos adquiridos por meio da indicação de emenda parlamentar realizada pelo meu mandato. Durante minha visita à sede da associação, que na ocasião era recém-fundada, percebi que realizavam ali um trabalho muito bonito e que beneficiava várias pessoas. Por isso, quando a presidente Cynthia me pediu que destinasse a emenda para a entidade, disse a ela para acreditar e preparar a documentação, pois seriam indicados para receber o recurso”.