vice-governador-participa-da-abertura-da-55a-exposicao-agropecuaria-de-unai

O vice-governador e presidente do PMDB-MG, Antônio Andrade, participou, nesta quarta-feira (2/9), da abertura oficial da 55ª Exposição Agropecuária de Unaí. Logo após a cerimônia, foi realizado o XI Fórum Regional de Agropecuária do Noroeste Mineiro. O evento, que acontece no Parque de Exposições da cidade até a próxima terça-feira (7/9), deverá movimentar R$ 10 milhões em negócios e receber um público superior a 40 mil pessoas.

Em seu pronunciamento, o vice-governador destacou a importância da agricultura e pecuária de Unaí. “Vemos com bons olhos a pecuária e a agricultura de Unaí. Hoje, quase 1/3 do PIB do Estado vem do agronegócio, cerca de 30% da produção. Unaí é o maior produtor de feijão do Estado, um dos maiores de milho e soja. Temos que dar todo o apoio à produção agrícola do Noroeste”, destacou.

Questionado sobre a realização de obras de infraestrutura no Estado, Antônio Andrade assegurou o compromisso com a construção da ponte do Rio São Francisco, sobre as cidades de São Francisco e Pintópolis. “Além de ter um significado importante para a economia da região, esta obra possui um grande alcance social. Temos o compromisso de construir a ponte. O processo para a licitação do projeto de engenharia já está em andamento”, assegurou.

Já o presidente Sindicato dos Produtores Rurais de Unaí, Altir de Souza Maia, destacou a força do Noroeste e a importância da parceria da região com o governo de Minas. “Unaí representa o primeiro PIB agrícola do Estado, produzindo um milhão de sacas de grãos ao ano. O Noroeste todo produz 3 milhões de sacas de grãos, incluindo produtos como milho, feijão e soja. Para nós, é importante termos ao nosso lado o vice-governador, que fala a linguagem do produtor. Sabemos que o governo vai olhar para a nossa região”.

Também estiveram presentes na solenidade o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Unaí, Altir de Souza Maia, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões, além de prefeitos, vereadores, produtores rurais, empresários e presidentes de autarquias e fundações.