10-05 Violação de privacidade preocupa Cabo Júlio

Preocupado com a violação da vida privada dos policiais lotados no 20º Batalhão de Polícia Militar de Pouso Alegre, no sul de Minas, o deputado Cabo Júlio (PMDB) explicou, em sua página no Facebook, que a privacidade é um direito de todo cidadão.
A publicação foi feita após o recebimento de uma denúncia por parte dos militares que estariam sendo obrigados a fornecer, à administração do Batalhão, uma cópia das carteiras de habilitação e dos documentos de seus veículos particulares.

O parlamentar explicou que o ato de fiscalização de veículos particulares é legítimo quando o policial o utiliza para adentrar as dependências da PM. Entretanto, Cabo Júlio ressalta que a obrigação de fornecimento de documentos é violação do principio constitucional que trata como invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem. “Um militar que compra um veiculo para sua esposa tem que prestar contas ao seu batalhão?”, questionou o parlamentar.

Cabo Júlio comparou o ato a uma prática ditatorial e disse que, se necessário, convocará os responsáveis pela ordem para prestarem esclarecimentos na Assembleia Legislativa.