Vanderlei Miranda (deputado estadual PMDB/MG)

Vanderlei Miranda (deputado estadual PMDB/MG)

No Brasil, existem mais de 20 milhões de pessoas na terceira idade e a expectativa de vida da população cresce a cada ano. Estudos apontam que em 2050 haverá mais idosos que crianças menores de 15 anos. Mas infelizmente cresce também o número de denúncias de violência contra elas.

O dia 15 de junho foi instituído como o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoas Idosa e o deputado Vanderlei Miranda falou sobre a importância da data. “Todos nós precisamos nos conscientizar de que a violência contra a pessoa idosa é uma realidade e se dá de várias formas. Muitos sofrem violência dentro de suas próprias casas. Seja através da agressão física, negligência, violência psicológica e também financeira. Porque muitos estão endividados devido a compromissos financeiros feitos em seus nomes por familiares e terceiros”.

O deputado lembrou que mesmo após a aposentadoria, alguns precisam voltar ao mercado de trabalho para complementar a renda. “É mais duro ainda ver que muitos com o salário de aposentado não conseguem nem comprar medicamentos. Embora o governo forneça alguns, outros ainda precisam ser comprados, e não são baratos”.

Vanderlei Miranda salientou que a proposta da Reforma da Previdência para a mudança da aposentadoria é outra forma de violência contra os idosos. “Aqueles que depois de terem dado o seu suor, seu sangue e sua vida, aguardando o tempo da sua aposentadoria, poderão ter que trabalhar ainda mais para ter seu direito. Essa também é mais uma violência que se levanta contra os idosos e não podemos concordar com isso”.

Para finalizar, o parlamentar destaca que é preciso ter um novo olhar para a terceira idade do nosso país e trabalhar para que os nossos velhinhos e velhinhas possam ter dignidade, uma vida tranquila e receber tratamento especial.